O Retorno do Capitonê

Capitonê
De origem inglesa, essa técnica surgiu por volta de 1840 como forma de agregar valor aos trabalhos manuais. O retorno, entretanto, não está restrito apenas a cadeiras, poltronas ou sofás. O famoso acabamento de tapeçaria agora mostra suas formas orgânicas em papéis de parede, cabeceiras de cama, painéis e até mesmo em estampas de cerâmicas.
A presença do capitonê na decoração é um reflexo, assim como acontece na moda, da valorização acentuada do trabalho artesanal. Tal realidade, entretanto, já havia despontado no cenário internacional há alguns anos - com designers como Jaime Hayon e Philippe Starck.
           No teto
Papel de Parede



Puffs







Luminárias













                               Cabeceiras
Vaso de Cerâmica
        Obrigada pela visita.

Comentários

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas