Sergio Rodrigues

Um dos maiores nomes do design brasileiro, o arquiteto e designer carioca Sergio Rodrigues morreu nesta segunda-feira (1º/9) em sua casa, em Botafogo, no Rio de Janeiro.
Formado em 1951  na faculdade de arquitetura da Universidade do Brasil - FNA, no Rio, Sergio se destacou por seu trabalho focado em interiores, criando móveis com traços únicos, reconhecidos internacionalmente. É frequentemente citado como sendo um artista da madeira.

Veja algumas de suas peças mais famosas. 


Uma de suas peças mais conhecidas é a poltrona Mole (1957), com madeira jacarandá e estofamento em couro, vencedora de prêmios da área do design e exposta no Museu de Arte Moderna de Nova York. É um sucesso de vendas até os dias de hoje.
 

Outra famosa criação é a poltrona Tonico (1963), feita para a empresa Meia-Pataca, com cintas ajustáveis e almofada para apoio do pescoço. 






poltrona “Diz”, lançada cerca de 50 anos depois, comprova a genialidade de Sergio Rodrigues, que mesmo tanto tempo depois, conseguiu agradar muitos decoradores com sua cadeira de madeira, que tinha a proposta de ser tão confortável quanto sua primeira criação.

Poltrona CuiabáNascida da mistura do couro com a madeira, as matérias-primas preferidas de Sérgio, a poltrona exibe uma imponente estrutura em jacarandá com assento em estofado revestido em couro. Mais uma vez Sérgio Rodrigues mostra ao público o design mobiliário com estética nacional apurada.
Obrigada pela visita.

Comentários

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas