Museu Gucci-Florença

Lugares que estive e indico.


 No piso térreo tem o Caffé Gucci, um espaço de encontro que não só recebe os visitantes do museu, mas também um espaço  atraente para os florentinos e visitantes da cidade. O menu apresenta uma grande variedade de pratos saudáveis com ingredientes orgânicos e locais. Ao lado, está a Livraria gerida em conjunto com a Rizzoli, que existe em Nova Iorque, Londres e Milão. Graças a esta parceria, o MUSEU GUCCI tem publicações para entusiastas de arte, moda, fotografia e arquitetura através de uma seleção com curadoria de obras contemporâneas e vintage. No mesmo espaço, está a loja de souvenirs onde se pode comprar artigos colecionáveis incluindo capas para o iPhone e iPad, velas aromáticas, marcadores de livros, postais, cartões , postais em pele, artigos de papelaria de luxo e lápis Carand’Ache, e chocolates com a marca GUCCI MUSEO. No espírito da era tecnológica atual, os visitantes têm um área social para tomar café e usar a internet wireless do museu.
  O espaço Contemporary Art está, também, localizado no primeiro andar, onde as obras contemporâneas de artistas selecionados são exibidas em colaboração com a Fundação Pinault. A sala seguinte exibe vídeos e instalações de filmes das mais originais e contemporâneas produções de “filmes de arte”, bem como projeções, tanto, de filmes que a Gucci ajudou a recuperar através da sua colaboração com a Film Founadation de Martin Scorcese, e documentários para os quais a Gucci propiciou fundos através da Gucci Tribeca Documentary Fund.
 A exposição da coleção permanente continua no segundo andar com Logomania, espaço que mostra a evolução do monograma duplo G, traçando uma história dentro da história, cujo protagonista é o sinal gráfico atemporal que se tornou um emblema de Made in Italy. 
 
Fotos- Denise Coacci

   Fonte- Museu Gucci                      Obrigada pela Visita.

Comentários

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas