Kandinsky: tudo começa num ponto

"Kandinsky: tudo começa num ponto" - de 15 de maio a 22 de junho
CCBB Belo Horizonte - praça da Liberdade, 450, Funcionários
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h - entrada gratuita

Exposição de um dos mais renomados mestres da pintura moderna, pioneiro e fundador da arte abstrata, além de trabalhos dos seus seguidores e de artistas que o influenciaram. Pinturas litorafias, fotografias e objetos ilustram a trajetória do artista, com obras provenientes do Museu Estatal Russo de São Petersburgo e outros.

Wassily Kandinsky, o pioneiro do abstracionismo nas Artes Plásticas, nasceu na cidade de Moscou, em 16 de dezembro de 1866. Filho de pais divorciados, ele foi educado pela tia, optando a princípio pela música, que posteriormente refletirá em seu trabalho como pintor, pois ela lhe confere noções essenciais de harmonia e evolução. Kandinsky seguiu inicialmente as trilhas acadêmicas, formou-se em Direito e Economia na Universidade de Moscou, mas logo depois desistiu desta profissão, encontrando finalmente seu destino nas veredas das artes visuais, ao se apaixonar por uma tela de Monet.

 O Rio no verão 1901-1903

 O Rio no Outono 1901-1903

 Abstrato 1916ca

 Improvisação 1913

 Improvisação 11 -1910
 Improvisação 4 -1909

 Dois ovais -1919

Improvisação 34 -1913 

 No branco -1920
 A exposição apresenta uma sequência de quadros do pintor, pensador e escritor e permite um mergulho nas profundezas do seu universo criativo, nas referências iniciais do artista, colocando lado a lado suas obras e as dos seus contemporâneos, além de peças que são joias da arte popular do norte da Sibéria e objetos de rituais xamânicos.
 Centro Cultural Banco do Brasil -Belo Horizonte
 Fotos -Denise Coacci
Obrigada pela visita.

Comentários

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas