Casa Cor Espirito Santo 2015

A Brasilidade é a grande tônica este ano, e é interessante ver como os 54 profissionais encontraram diferentes formas de transmitir esse conceito. Os jardins verticais e a madeira são praticamente um consenso. Esta última marca presença em pórticos, pérgolas e na marcenaria que otimiza espaços - alguns com menos de 10 m². Outra matéria-prima importante são as pedras, algumas extraídas da região, como quartzitos e granitos. Não deixe de reparar, ainda, nos vidros pintados, nos ambientes monocromáticos, nos excelentes projetos de iluminação e na seleção apurada de móveis nacionais. Outro recurso bastante utilizado no momento, os revestimentos 3D, não falta, bem como referências ao estilo industrial, do concreto aparente aos materiais brutos. 
Conheça todos os detalhes na galeria de fotos.
Lounge Gourmet - Letícia Finamore. O mix de materiais define a linha de trabalho da arquiteta. A madeira, a laca, a textura do papel e dos revestimentos de parede em pedra dão um toque sofisticado, afirmado também nos detalhes, como os pendentes de Jader Almeida. O designer assina alguns móveis, acompanhados por criações dos também renomados Zanini de Zanine e Lattoog. As obras de arte de Antonio Bokel, Lando, Mai-BrittWolthers, enriquecem ainda mais o espaço.
Cozinha do Apartamento Master - Zilda Helal. A parede em vidro, com estampa exclusiva da designer Taiza Ammar, impressa direto no material, é o centro das atenções. Os demais elementos seguem a mesma combinação de cores, mas com linhas discretas, como as bancadas em silestone e a mesa de refeições em nanoglass. O porcelanato com textura cimentícia aparece no piso para equilibrar.
 Refúgio do Jovem Casal - Isabele Melo. Com 70 m², o ambiente permite cozinhar e receber amigos com descontração e conforto. Revestimentos 3D, como o utilizado no painel da TV, ganham destaque graças à iluminação. E a marcenaria ultrapassa os limites tradicionais ao revestir também a parede e o teto.
 Living do Jovem Casal - Letícia Costa. No piso, o porcelanato calacata dá o tom sofisticado, assim como o dourado que surge no papel de parede. Luminárias promovem rasgos de luz e criam um efeito indireto, que valoriza a composição de móveis com linhas tão simples quanto a cartela de cores. Gravuras originais do artista Carlos Scliar, produções do artista plástico Nardelli e uma escultura do artista Lopomo finalizam.
Hall Íntimo - Amanda Abranches. Nestes 9 m², a marcenaria é um recurso fundamental, bem representada no aparador em tom marsala sem ferragens aparentes. Uma lâmina de louro freijó foi centralizada e rebaixa o teto, trazendo um efeito que combina lâmpadas fluorescentes, LEDs e lâminas metálicas, lembrando um ninho ou galhos de árvores. Nas paredes laterais, o revestimento cerâmico remete ao couro pespontado.
Flat Cosmopolita - Victor Sarcinelli. A linguagem do projeto permitiu o diálogo entre rochas exóticas brasileiras como os quartzitos, concreto aparente, madeira freijó, texturas em mica e o aço corten. O piso em réguas de 20 x 120 cm em porcelanato foi assentado no estilo escama de peixe, em uma releitura do parquet. O mobiliário traz uma seleção de peças assinadas pelos designers Léo Capote, Sérgio Rodrigues e Jader Almeida, que também é autor das luminárias em metal dourado. As obras dos artistas José Bechara, Manfredo de Souzanetto e Mai-BrittWolthers finalizam.
Cozinha Gourmet do Jovem Casal - Daniela Andrade. O mosaico em preto e branco surpreende o visitante de cara, enquanto outras paredes receberam acabamento em concreto aparente ou uma camada de vidro extraclean branco. A assinatura do designer Jader Almeida está presente na mesa Matriz com cinco cadeiras Bossa e nos pendentes Smith que se entrelaçam. Duas esculturas da artista Clores Lage e uma de Fernando Cardoso foram selecionadas para o espaço.
Home Office do Jovem Casal - Aparecida Lamari e Daniela Andrade. Os 18 m² foram convertidos em um espaço aconchegante que ganha recursos de automação. Uma das paredes foi preenchida por obras de arte, enquanto outra ganha uma textura sustentável desenvolvida a partir de sobras de extração de turmalina negra. Nos móveis, prevalecem as peças de autoria de Zanini e Jader Almeida.
Café com Arte - Léa Braun. O layout foi desenhado de forma convidativa e cria pequenos recantos individuais ou para grupos no lounge com móveis assinados - a maioria em madeira. Uma das paredes ganhou delicadas boiseries. Toda a arte presente foi produzida pelo artista plástico Rodrigo Dutra, incluindo os quadros.
Living do Apartamento Master - Sérgio Palmeira. As riquezas das jazidas naturais brasileiras inspiraram o profissional, que destaca o branco dos sofás em linho e demais móveis, formando uma composição elegante com o couro fendi. Nos detalhes, dourado, cobre e prata não poderiam faltar. As telas são de autoria de Nardelli.
Sala de Jantar do Apartamento Master - Keyla Guidoni. Vários tons neutros foram mesclados no espaço. Entre eles, o amadeirado terralis, presente no mobiliário planejado executado com madeira de reflorestamento. Nesta mesma linha, os trabalhos do artesão capixaba Neusso Ribeiro foram esculpidos a partir de refugos recolhidos na natureza.
Restaurante Piano Bar - Rita Garajau. A tradição e o glamour do Praia Tênis Clube, com uma história de 80 anos, são revividos sob um olhar atual. A estrutura interior foi mantida, mas o mobiliário investe em linhas retas e sem excessos. O layout otimiza as circulações e revela a opção pelos bancos utilizados como assentos das mesas nas laterais, liberando o espaço que totaliza 90 m².


Quando: 30 de setembro a 10 de novembro.
Onde: Av. Desembargador Santos Neves, 871, Praia do Canto, Vitória - ES.
Horário: Terça a sexta: 15h às 22h; Sábados e feriados: 13h às 22h; Domingo: 13h às 21h.
Obrigada pela visita.

Comentários

.

.

Postagens mais visitadas