Ideias Para Quartos de Rapaz

Com cores masculinas, cantos para estudo, detalhes jovinais e aproveitamento de espaços, os quartos dos garotos trazem uma atmosfera descolada e descontraída sem deixar a elegância e o luxo de lado. Os profissionais da CASA COR 2015 trouxeram para as mostras regionais diversas ideias, que você confere na galeria!
Casa Cor Paraná 2015. Quarto do Rapaz - Bruno Colle. O arquiteto desenhou uma ampla bancada de estudos, com o apoio de nichos para livros, som e TV. O closet também é bem dividido e generoso, delimitado por painéis vazados em MDF que asseguram a integração. Janelões e aberturas foram mantidas, facilitando a entrada de luz natural. No piso, a madeira cumaru maciça oferece alta durabilidade. A roupa de cama também esbanja conforto, mesclando couro, tricô e algodão egípcio.
Casa Cor Paraná 2015. Quarto do surfista - Hellen Caroline Giacomitti. Nichos abertos em vários formatos deixam o ambiente mais informal e personalizado, ocupando boa parte do mobiliário sob medida que otimiza os 20 m². Em madeira e com detalhes laqueados, traz cor e funcionalidade. Uma novidade apresentada é o uso de textura de tecido impressa no MDF.
Casa Cor Mato Grosso 2015. Suíte do Quarentão - No espaço de Maridilza Aquino, Neila Curvo e Susana Furlanetto, a paleta de cores masculina é uma composição de azuis, marrons e beges. O offwhite também está presente na cama, cuja cabeceira ganha detalhes em couro. O ambiente reúne obras de arte de artistas plásticos mato-grossenses, como Rita Duarte.
Casa Cor Rio Grande do Norte 2015. Quarto do Rapaz - Carol Araújo, Raquel Torquato e Sabrina Amorim. A textura cimentícia nas paredes e no teto não negam a inspiração no estilo industrial, que o trio também levou em conta na escolha de móveis em ferro. Fortes pinceladas de preto, bege e azul conferem um toque modernista, neste espaço que chama a atenção pelo design elegante e geométrico de cada peça.
Casa Cor Bahia 2015.Suíte do Noivo - Daniela Lopes. Prestes a se casar com seu companheiro, esse noivo antenado ainda habita um quarto clássico, que reflete o gosto pelas artes e pela história. Offwhite e preto dão o tom requintado ao ambiente, que expõe livros, fotografias em preto e branco e outros objetos que personalizam o ambiente.
Casa Cor Espirito Santo 2015. Suíte do Jovem do Apartamento Master - Andrea de Pinho e Fábio Pinho. A marcenaria, grande estrela do espaço, marca presença especialmente na cama, cuja cabeceira em grandes dimensões chega a abraçar o teto. Também chama a atenção a forma com que o banheiro foi incluído no projeto: chuveiro, pia, bancada e vaso foram distribuídos e integrados em pontos distintos do quarto, sem paredes, apenas com divisórias em vidro.
Casa Cor Alagoas 2015. Suíte do Neto - Suzana Araújo. As linhas retas estão no DNA do projeto, pensado para acompanhar o menino de 5 anos de idade até sua adolescência. O pórtico laqueado na cor azul e os nichos no mesmo tom possuem grande apelo gráfico, enquanto pinceladas de amarelo iluminam a ambientação. No teto, pipas estilizadas trazem a importância de cultivar antigas brincadeiras. As superfícies sólidas, em tom de cinza, são projetadas em Corian.
Casa Cor Brasília 2015. Quarto do Rapaz - Letícia Hammerschmidt Goulart. O estilo industrial dos lofts é a referência do projeto, mas em uma versão que não abre mão do toque de brasilidade, presente em algumas samambaias que compõem o espaço. A faixa iluminada no teto confere profundidade e guia uma composição perfeitamente simétrica.
Casa Cor Goiás 2015. Quarto do Rapaz - Ana Paula Munhoz e Gabriella Saback - A atmosfera ficou descontraída e urbana com o armário e os nichos trabalhados em microtextura cinza e detalhes em amarelo. Já nas paredes são intercalados o papel de parede com textura de linho e o revestimento com pastilhas na tonalidade prata. O piso é todo em porcelanato, com exceção do deck coberto de carpete semiartesanal, que deixa a cama elevada. A poltrona do designer Tadeu Paisan se insere no espaço para afirmar sua contemporaneidade.
Casa Cor Minas Gerais 2015. Quarto do Jovem Descolado: Eduardo Henrique Brandão e Rosângela Brandão Mesquita. A cama fica encostada no bloco espelhado, que permite visualizar a parede oposta e o revestimento inspirado em desenhos de Burle Marx. A cabeceira é criação da dupla. O piso original de taco foi reaproveitado e nele repousa o tapete roxo, que compõe com o fendi e o cinza a cartela de cores do projeto.
Casa Cor Paraná 2015. Studio de um Amante de Viagens – Rafael Egg e Guilherme Vaz de Mello. No espaço de 34 m² desenvolveram um ambiente neutro, sem o uso de diversas cores e muitos revestimentos, mas com ampla composição de sobreposições de cores. O destaque é a composição de paredes tampos e paredes. Todos têm o mesmo tom de cor, dando uniformidade ao espaço.
Fonte -Casa Cor
Obrigada pela visita.

Comentários

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas