Casa Cor Brasilia 2016

Um antigo centro médico localizado na QI 9 do Lago Sul volta a receber os ambientes. Neste ano são 39 espaços distribuídos em dois pavimentos, assinados por quase 70 profissionais. Muitas salas e principalmente cozinhas revelam que o desejo é de se reunir. A natureza é convidada de honra, representada em uma profusão de jardins de diversos formatos e tamanhos. O verde, aliás, é tendência e tinge diversas paredes - aposte!
O rústico está em alta, mas ao mesmo tempo o industrial recupera sua força, com destaque para as texturas cimentícias. Há espaço, ainda, para o estilo art déco, que influencia ambientações simples e formais, e para o charme dos anos 1950. Inclusive, a paginação em espinha de peixe volta com tudo, atualizada com novos revestimentos. Os metalizados se confirmam como tendência e ressaltam a sofisticação esperada em momentos de celebração. Confira essas e outras ideias na galeria de imagens.
PS SPOT – Flávia Nars e Laísa Carpaneda (Carpaneda Nars). Ideal para receber amigos em jantares e degustações de vinho, o ambiente de 135m² integra hall, sala de estar, cozinha e sala de jantar. A planta é livre, delimitada pelas tramas de cabos de aço. Algumas paredes foram aquecidas com textura de madeira ou pela grande estante laqueada. O mobiliário é assinado por designers brasileiros como Ricardo Fasanello, Jorge Zalszupin e Dado Castello Branco.

Refúgio Gourmet - André Alf (Alf Arquitetura). O chão e as paredes são desenhados pelas pedras naturais. É para eles que a iluminação em trilhos aponta. Móveis retilíneos e em tons claros contribuem para um resultado elegante e discreto.
Sala de Música – Clarissa Braga, Manuella Leite e Cristhiane Rauppp (Esquina Arquitetura). Estes 78m² respiram natureza, com o uso da cor verde e revestimentos rústicos. Entre eles, uma parede de tijolinhos, outra em pedra natural e o piso vinílico com aparência de madeira. A arte está em cada detalhe, seja na icônica luminária central ou na escultura de Paulo de Paula. O mobiliário convoca linhas simples e despojadas, como as poltronas de Fabricio Roncca.
 Miguel Gustavo. A proposta é receber amigos com conforto e elegância, no espaço de 130m². A cartela de cores neutras ganha personalidade na presença de diversas texturas, com alguns pontos metalizados que atraem o olhar. Outro recurso importante é a iluminação, que ressalta obras de arte e peças-chave.
Espaço de Convivência – Mayara Kassiê. O espaço foi idealizado para relaxar, celebrar com amigos e preparar pratos na cozinha de um chef português. A madeira e os tijolinhos tornam o ambiente caloroso, assim como o conjunto de pendentes que complementa a luz natural e dá todo o destaque à área de cocção.
Cenário do Bon Vivant – Larissa Dias. O mármore Nero Marquina na parede, o dourado nos detalhes e o couro evocam o clássico, mas com uma leitura atual. Destaque para a composição de pendentes verticais acima da mesa de jantar. Esculturas de bronze arrematam, das artistas brasileiras Sônia Ebling e Bea Machado.
Living para um Gourmet - Yeda Garcia. O ambiente amplo e naturalmente iluminado permitiu trabalhar volumes na cor preta, mantendo a leveza. Linhas retas e funcionais são bem representadas nos móveis fixos em alto brilho, que dispensam puxadores para um visual limpo.
Lounge do Encontro – Hélio Albuquerque e Sonia Peres. As relações pessoais, a presença física, a conversa entre amigos e familiares são revividas no espaço. Alguns elementos reforçam essa sensação, como o piso em madeira de demolição e mesmo o acervo de obras de arte, com obras de Hilal Sami Hilau, Amilcar de Castro e Farnese de Andrade, entre outros nomes.
Com Açúcar, Com Afeto – Marcelo Marcolino e Desirée Nassaralla. Memórias afetivas, como almoços em família, são celebradas pela dupla. Ela aposta em peças e móveis de madeira maciça ao mesmo tempo em que utiliza pendentes moderninhos acima da mesa de refeições. Um mosaico em madeira natural filetado de forma artesanal, em formato de espinha de peixe, renova a parede. Já os cobogós em concreto na cor branca formam uma divisória no ambiente de 60m².
Salão de Festas Cebebrate - Mariana dos Santos. Com belas estruturas aparentes, a opção da arquiteta foi valorizá-las. O concreto, os tijolos e as vigas ganham destaque no projeto, que também incorpora itens em ferro e madeira de demolição para remeter ao estilo industrial. O resultado se tornou leve, no entanto, com a utilização de paredes claras e iluminação na medida.
Café - Juliana Santana. O café inicia com uma minibiblioteca, que convida a uma pausa para admirar a seleção de móveis de Jena Gillon, Oswaldo Bratke, Lina Bo Bardi, Lia Siqueira, Ricardo Fasanello e Jorge Zalszupin. O balcão em ilha permite apreciar os diferentes métodos de preparo da bebida.
Quando?
De 22 de setembro a 9 de novembro.
De terça a sexta,das 15h às 22h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 22h.
Onde?
Comercial da QI 9 do Lago Sul, lote D. Antigo Inacor (Instituto Nacional do Coração).
Obrigada pela visita. 

Comentários

Postar um comentário

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas