Linha Pop 10 -Carlos Teixeira

Vazio S/A lança coleção Pop 10, reunindo peças exclusivas de mobiliário
O premiado arquiteto e urbanista Carlos Teixeira volta a investir na produção de mobiliário com o lançamento da linha Pop 10
 O escritório Vazio S/A, comandado pelo premiado arquiteto e urbanista Carlos Teixeira, está lançando uma linha de mobiliário denominada Pop 10. As primeiras peças a serem produzidas são uma poltrona e um sofá, ambos com design exclusivos. Os produtos foram elaborados a partir de conceitos como sustentabilidade, custo acessível e uso de materiais não convencionais, características muito presentes no trabalho do escritório.
As peças surpreendem pelo caráter inusitado, utilizando, como estrutura, a tela soldada nervurada, material amplamente utilizado na construção civil, mas que pode ser considerado  novidade quando o assunto é mobiliário. Já os encostos e assentos em madeira são responsáveis por agregar a domesticidade e o aconchego necessários às peças. O resultado são  móveis que se destacam não apenas pela ineditismo, mas também por apresentarem um conceito e uma identidade muito bem definidas, evidenciando o resultado de uma pesquisa sólida empreendida pela equipe da Vazio S/A onde materiais de baixo custo são revalorizados. A coerência e o diálogo entre os dois materiais empregados foram primordiais para o resultado final.
Para desenvolver a linha Pop 10, Carlos utilizou uma linguagem abstrata e linhas regulares tridimensionais. A malha de aço foi disposta em ângulos de 90 graus formando um paralelepípedo. A poltrona e o sofá ganharam uma materialidade expressiva com o uso do vergalhão que aqui foi enfatizado pelo contraste com a madeira, formando uma duplicidade simbiótica que aquece e, ao mesmo tempo, provê leveza à peça. De acordo com Carlos Teixeira, a madeira é capaz de conferir um aspecto mais doméstico às peças. Já o metal é responsável por dar a estrutura e o volume necessários.
A primeira versão da poltrona Pop 10 chegou a ser apresentada na exposição 100% Minas, um dos destaques da 23 a edição da CASACOR Minas. Depois de alguns ajustes, a linha agora já pode ser adquirida pelo público. Carlos Teixeira salienta que os móveis da Pop 10 não foram criados para um ambiente específico, mas em função do tratamento da madeira devem ser utilizados em áreas internas.
Produzir peças de mobiliário não é uma novidade na trajetória do arquiteto. As criações recentes dialogam com uma produção realizada no início dos anos 2000 quando Carlos, em parceria com sua irmã, a arquiteta Helena Rios, estiveram à frente da loja Casa Design Brasileiro. A diferença pontuada pelo arquiteto está nos materiais utilizados nas peças atuais, garantindo preços mais acessíveis dos produtos. “Naquele  momento utilizávamos outros materiais , especialmente a madeira de demolição, que não é um insumo barato, explica. A retomada à produção mobiliária ocorreu durante o processo de criação de sua própria residência, conhecida como a Casa do Cerrado, que tornou- se referência na arquitetura brasileira atual.

Carlos Teixeira - www.vazio.com.br

Formado em arquitetura (EA-UFMG), Carlos é mestre em urbanismo pela Architectural Association de Londres. Publicou os livros Em Obras: História do Vazio em Belo Horizonte (CosacNaify, 1999), Ode ao Vazio (Nhamérica, 2016), e é um dos organizadores de Espaços Colaterais (Cidades Criativas, 2008). Fundou a produção de móveis Casa Design Brasileiro com Helena Teixeira Rios e o escritório Vazio S/A Arquitetura e Urbanismo em 2002. Já expôs seus trabalhos no RIBA (Londres), Bienal de Arquitetura de Veneza, Victoria & Albert Museum (Londres), Pavillon de l'Arsenal (Paris), 29a. Bienal de Arte de São Paulo e 10a. Bienal de Arquitetura de São Paulo, entre outros.
Fotos - Daniel Mansur
Sugestão de pauta - A Dupla Informação

Obrigada pela visita
                                             Volte sempre! 💛🌿🌿🌿

Comentários

Instagram @denainteriores

Postagens mais visitadas